Policial militar é baleado durante troca de tiros na Boca do Rio

Fonte: Da redação

Um policial militar foi baleado durante uma troca de tiros com suspeitos no bairro da Boca do Rio por volta das 13h desta segunda-feira (09). De acordo com a Central de Polícias, a situação aconteceu durante uma incursão da Operação Apolo em uma localidade conhecida como Barreiros, que fica nos fundos do Conjunto Guilherme Marback.

O soldado Jorge Alves dos Santos, que pertence a 23ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Tancredo Neves), foi vítima de dois disparos de raspão no peito. As balas acertaram a parte frontal do colete balístico. Ele foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE) e segue em observação. O estado de saúde dele não foi divulgado.

A autoria dos disparos é atribuída a um homem de prenome Alan, vulgo ” Alanzinho”, que teria entrado em confronto com a guarnição juntamente com outros três comparsas, cujas identidades são desconhecidas. O caso deve ser investigado pela 9ª Delegacia Territorial da Boca do Rio.

Versão da Polícia Militar

Em nota, a Polícia Militar, segundo informações da 39ª CIPM, informou que por volta das 13h30 na região do Barreiro de Cima, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), bairro da Boca do Rio, um policial militar tentou conter um homem que estava exaltado no local, o cidadão saiu da UPA e ameaçou o policial militar.

Minutos após o ocorrido surgiram vários bandidos com arma em punho a procura do PM que buscou abrigo e solicitou reforço a Central de Telecomunicações (Centel). Em seguida chegou o reforço, na chegada dos policiais foi iniciada uma troca de tiros, na localidade do Barreiro de Cima. Um policial da Operação Apolo foi atingido com dois disparos na parte frontal do colete, socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE) e não corre risco de morte.

Durante a ação foi apreendido um revólver calibre .32 e um suspeito foi baleado e socorrido, no entanto, ele não resistiu ao ferimentos e morreu.