“PONGUEIRO”: Em Salvador, Dilma diz que ACM Neto faz propaganda com obras dos outros

Fonte:

A ex-presidenta Dilma Rousseff esteve em Salvador nesta quinta-feira (22/9), para participar de ato organizado pelo “Movimento Pela Democracia”, formado por setores sociais e de esquerda, além de partidos políticos. Em discurso realizado na praça Castro Alves, ela atacou o atual prefeito de Salvador e candidato à reeleição, ACM Neto:

“Estou estarrecida com o fato de que o metrô, que foi feito em parceria entre o meu governo e os governos de Jaques Wagner e Rui Costa, agora foi apropriado por outra pessoa”.

Provocativa, Dilma se valeu do “baianês” para classificar a situação. “Eu soube que tem uma palavra aqui que expressa isso muito bem, que é pongar. Quem é capaz de dar golpe, de ir contra a democracia, de defender a perda dos direitos trabalhistas e sociais, é capaz de mentir em qualquer circunstância. É um absurdo que alguém seja capaz de dizer que o metrô saiu de outras mãos, que não as de Rui Costa e Jaques Wagner”.

Sobre o processo de impeachment, Dilma foi clara: “Foi dado um golpe parlamentar, que é diferente do golpe militar. Neste caso, é como se uma árvore tivesse sido atacada por parasitas”.

Ao falar sobre a prisão do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, mais um alvo do Partido dos Trabalhadores atingido pela Operação Lava Jato, Dilma criticou o fato: “A pergunta é: Por que prender? A resposta é: Para influenciar na campanha eleitoral. Nós lamentamos profundamente esse fato”.

Dilma voltou a afirmar que os governos dela e do ex-presidente Lula foram os que mais atuaram no campo do combate aos desvios de dinheiro público. “Sem os nossos governos, a corrupção seria colocada para baixo do tapete”.

A ex-presidenta aproveitou a oportunidade para agradecer aos baianos que, segundo ela, sempre estiveram ao seu lado. “Eu tenho e sempre tive uma grande, uma enorme responsabilidade com a Bahia. Porque a Bahia me deu o maior número de votos nas duas eleições das quais participei. Dos 54 milhões de voto que eu tive, parte importante deles, foi aqui que eu conquistei”.

Por: Diorgenes Xavier e Heloísa Gomes

Foto: Heloísa Gomes/Aratu Online