Prefeitura promove Fórum Internacional para debater planejamento estratégico

Fonte: Da redação

As discussões sobre o planejamento e desenvolvimento da cidade, promovidas pela Prefeitura Municipal através dos trabalhos de construção do Plano Salvador 500, PDDU e Louos, terão na próxima semana mais um evento. Experiências de sucesso em planejamento estratégico de outras cidades do mundo serão apresentadas por especialistas externos no Fórum Internacional do Plano Salvador 500. Aberto ao público, o evento ocorre no dia 14 de julho, das 9h às 13h, no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), e as inscrições podem ser feitas no site www.plano500.salvador.ba.gov.br.

Como palestrantes do evento, virão a Salvador o consultor Greg Clark, de Londres, Reino Unido, que tem experiência em diferentes cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Barcelona (Espanha), Johannesburg (África do Sul) e Mumbai (Índia); Jorge Perez Jamarilho, de Medelín, Colombia, do departamento de planejamento territorial do município; Andrew Boraine, da Cidade do Cabo, África do Sul, onde trabalhou com poder público e iniciativas de mitigação da violência urbana e desenvolvimento econômico; e Claudette Forbes, de Londres, Reino Unido, com experiência de implementação de projetos de desenvolvimento como transportes e infraestrutura urbana.

O objetivo do fórum é trazer uma perspectiva internacional sobre o potencial que o planejamento estratégico de longo prazo tem no direcionamento das cidades. “Queremos também com esse debate público trazer exemplos práticos e eficientes de como outras cidades têm enfrentado desafios que são importantes para Salvador, como a indução e sustentação do desenvolvimento econômico e a redução das desigualdades”, explica o secretário Municipal de Urbanismo, Silvio Pinheiro, coordenador geral do Plano Salvador 500.

“Mesmo com suas particularidades, como seu povo, sua cultura, miscigenação e diversidade social e religiosa, Salvador enfrenta diariamente os mesmos desafios que as maiores cidades do mundo, assim é importante conhecermos e debatermos experiências bem sucedidas de cidades que superaram seus principais problemas com o planejamento estratégico”, afirma a presidente da Fundação Mario Leal Ferreira (FMLF), Tânia Scofield, coordenadora técnica do Plano.

Além do Fórum, esses especialistas vão participar de um workshop com técnicos da Prefeitura e da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) – consultora do Plano Salvador 500, PDDU e Louos -, para troca de conhecimentos que possam enriquecer os trabalhos que vêm sendo desenvolvidos.