Prefeitura realiza reflorestamento de antigo lixão em Canabrava

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Ilustrativa/ Reprodução

A Secretaria de Cidade Sustentável (Secis) realiza nesta segunda-feira (21), às 9h30, o plantio de dez mil mudas de espécies nativas da Mata Atlântica no Parque Socioambiental de Canabrava, local onde funcionava um antigo lixão. O objetivo é que essas mudas formem um sumidouro de carbono – absorção de carbono maior que emissão -, através de uma intervenção que prevê o reflorestamento da área. A ação faz parte do programa “Vem me Regar”, que prevê uma série de plantios até o final da semana em várias regiões da cidade.

Na terça-feira (22), a ação contempla 250 mudas nas rotatórias do Hospital do Subúrbio, também prevista para 9h30. Já na quarta-feira (23), será a vez de plantar 200 mudas no canteiro central da ligação da Avenida Luiz Viana Filho (Paralela) para o Curralinho, no Stiep, às 9h30. Na quinta-feira (24), serão 12 mudas no Largo da Ribeira, às 9h30. No dia seguinte, a ação prevê plantio de 100 mudas nas redondezas do Salvador Norte Shopping e outras 100 no Salvador Shopping, às 9h30 e 15h30, respectivamente.

No sábado (26), serão contempladas 10 áreas com ações simultâneas, marcadas para 9h30: rotatória da Rua Almirante Mourão de Sá (Paripe); Parque São Bartolomeu; Praça Irmã Dulce (Roma); Praça Bela Vista do Lobato (Alto do Cabrito); Parque Solar da Boa Vista (Brotas); campo de futebol da Cristiano Buys (Cabula); campo de futebol da Rua Artêmio Castro Valente (Canabrava); Avenida Assis Valente (Cajazeiras); Praça Guaratuba (Stella Maris); e Praça Belo Horizonte (Pituba). Haverá ainda atividade no Circo Picolino, em Pituaçu, com uma programação infantil. Só nesse dia, serão quase 1,6 mil árvores.

Trata-se das comemorações da Semana da Árvore, evento alusivo ao Dia da Árvore, celebrado no dia 21 de setembro. Entre as mudas nativas estão ipê, pau brasil e sibipiruna, que auxiliarão na ampliação da cobertura vegetal da cidade, contribuindo com a melhora de seus microclimas e qualidade do ar. Em cada plantio, a ação será acompanhada pelas comunidades beneficiadas, que passarão cada vez mais a ser protagonista da relação do verde com o ambiente urbano, trabalhando para mantê-lo.