Presa quadrilha responsável por três homicídios em Brotas; um policial está entre as vítimas

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Divulgação/Polícia Civil

Três homicídios de repercussão, em fevereiro, na região, contra um comerciante, um cabeleireiro e um mecânico, foram promovidos pelo bando, que se vingava daqueles que atendiam PMs ou desafetos em seus estabelecimentos comerciais.

Uma operação das polícias Civil e Militar resultou na prisão de cinco homens e na apreensão de um adolescente, integrantes de uma quadrilha responsável por dezenas de assaltos, homicídios e outros crimes em Salvador, entre eles o latrocínio do soldado PM Leandro Fernandes Prata, morto em 12 de fevereiro, no Engenho Velho de Brotas.

Os assaltantes José Jorge Santana Conceição Júnior, o “Júnior Play”, de 27 anos, envolvido na morte do PM, e os comparsas Leonardo Ataíde Borges, o “Léo Tob”, 20, foram presos, na terça-feira (24), em Amaralina, durante operação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Rondesp/Atlântico.

Segundo o delegado Odair Carneiro, o soldado PM Leandro Prata, lotado na 19ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Paripe), foi morto a tiros após reagir a assalto em um bar, na Rua Almirante Álvares Câmara, no Engenho Velho de Brotas. “Júnior Play” e um comparsa, que está sendo procurado pela polícia, tentaram roubar a moto de um amigo do PM.

As investigações apontaram ainda que, o comerciante Raimundo dos Santos, 43, morto a tiros, na manhã desta terça-feira (24), na Rua Antônio Vieira, e o cabeleireiro Diego da Silva Santos, 27, assassinado em 4 de fevereiro, na Rua do Sossego, em Cosme de Farias, foram vítimas de “Júnior Play” e “Léo Tob”. O mecânico Carlos Santos Pinto, 46, morto em 11 de fevereiro, na Invasão da Churupeta, em Vila Laura, também foi vítima da dupla.

De acordo com o delegado Marcelo Sansão, titular da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), as investigações apontam que as vítimas foram assassinadas por já terem atendido, em seus estabelecimentos comerciais, policiais e moradores de bairros que rivalizam com os criminosos. A quadrilha de “Júnior Play” e “Léo Tob” atuam nas regiões de Brotas e do Nordeste de Amaralina.

Com os criminosos, os policiais apreenderam 98 pedras de crack, 21 porções de cocaína, três balaclavas e um VW Cobalt, prata, placa clonada FGN-9707. O veículo foi roubado no último dia 21, na região da Avenida Antônio Carlos Magalhães. O adolescente apreendido com a quadrilha, já foi encaminhado à Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI).