Presa suspeita de provocar incêndio que matou criança de oito anos em Vitória da Conquista

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Divulgação Polícia Civil

Jeiliane Santos Oliveira, suspeita de provocar o incêndio que vitimou uma criança de oito anos, em Vitória da Conquista, foi presa na noite de terça-feira (29), em Belo Campo, município localizado a 40 quilômetros da cidade. Em contato com a equipe da TV Aratu, o delegado regional Marcus Vinicius de Morais informou que ela teria cometido o crime na noite anterior, após descobrir um envolvimento amoroso do seu companheiro com a mãe da vítima.

A polícia iniciou as buscas por Jeiliane, após vizinhos afirmarem à polícia terem visto uma mulher entrando na casa instantes antes de o fogo começar. Além disso, as testemunhas contaram que ela já havia feito ameaças públicas à mãe da criança, que tem outros três filhos, revoltada pelo suposto caso dela com o marido.

Conquista 2

Foto: Divulgação Polícia Civil

O menino, que dormia no chão da sala no momento do crime, teve 90% do corpo queimado. De acordo com a polícia, o fato de haver diversas peças de roupa próximas à criança facilitou o alastramento das chamas. Ele chegou a ser socorrido por uma equipe do Samu e encaminhado a uma unidade médica, mas não resistiu.

Presa em flagrante e encaminhada para o presídio Milton Gonçalves, Jeiliane nega o crime, mas se recusou a falar com a imprensa. Um parente dela, que preferiu não ser identificado, contou a equipe de reportagem da TV Aratu que a mulher dormia em casa no momento do incêndio, e que não tinha conhecimento dos fatos.

Confira mais detalhes na matéria de Daniel Silva: