Preso acusado de balear bebê em Paripe; criança permanece internada

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: divulgação/Polícia Civil

Um adolescente de 17 anos, envolvido no tiroteio que baleou um bebê, no bairro de Parpipe, em novembro do ano passado, foi apreendido no bairro de Cajazeiras, em Salvador. De acordo com a Polícia Civil, também foram apreendidos com o adolescente três revólveres calibre 38, mais de 500 pedras de crack, 12 “pinos” de cocaína, um carro roubado e um aparelho de celular. Dois comparsas dele foram mortos, durante troca de tiros com a Polícia Militar.

No momento da abordagem, os traficantes entraram em confronto com os policiais, efetuando vários disparos contra a guarnição. Livissom Matheus Fonseca de Carvalho e outro traficante de pré-nome Daniel, líder do tráfico na região do Barro Amarelo, em Paripe, foram baleados e não resistiram. Já o adolescente foi encaminhado para o Hospital do Subúrbio e, em seguida, conduzido à Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI).

Segundo o titular da 3ª Delegacia de Homicídios (3ª DH/BTS), Guilherme Machado, os criminosos integravam uma quadrilha de traficantes e homicidas que atua no Subúrbio e tinham diversas passagens pela polícia.

O caso  

ReproduçãoTv Aratu

Foto: Reprodução/Tv Aratu

M.G.S.L, de um ano, foi baleado enquanto brincava na porta de casa, no bairro de Paripe, na tarde do última dia 30 de novembro. O bebê foi encaminhado ao Hospital do Subúrbio e ficou por quase um mês na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Em contato com o Aratu Online, o avô da criança, Rubem Lago, disse nesta terça-feira (06) que M. se recupera bem e pode receber alta no próximo dia 12. “As vitaminas que ele está tomando estão acabando, além disso ele já está andando. Vou visitar ele no próximo domingo e graças a deus meu neto está bem”, concluiu.