VIDA LOKA: Polícia prende novo suspeito de participar da morte de ‘musa do tráfico’ em Salvador

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: reprodução/Facebook

O segundo suspeito de ter envolvimento na morte de Carla Nadiele Moreira da Silva, conhecida como ‘Carlinha do Laço’, foi preso durante uma operação policial em Salvador.

Ítalo Pereira Pires, conhecido como “Canário”, foi encontrado no Bairro do Bom Juá. A informação foi confirmada ao Aratu Online por um dos agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Pires nega as acusações, mas a investigação aponta que ele participou como auxiliar no crime. Ele estava com mandado de prisão em aberto e foi flagrado por policiais civis do DHPP e 4ª Delegacia Territorial (DT/São Caetano), além de militares, na última sexta-feira (15/4).

O primeiro a ser preso suspeito de ter participação no homicídio foi Elton Vinícios Bispo Freitas, conhecido como “Acarajé”. Ele, que também nega qualquer envolvimento no caso, é apontado pela polícia como líder do tráfico de drogas na região da Fazenda Grande do Retiro.

O CASO

O agente do DHPP disse ainda que outros dois homens estão sendo procurados pelo mesmo crime, que aconteceu no dia 27 de janeiro. Carla Nadiele foi morta com nove tiros no rosto e seu corpo, deixado próximo a um lixo, no bairro da Fazenda Grande do Retiro, durante a madrugada.

Na oportunidade, pessoas do próprio bairro disseram que a jovem teria envolvimento com traficantes da área, o que teria lhe rendido a fama de ‘musa do tráfico’. No entanto, a mãe da jovem, Nadia Pimentel, negou que a jovem tivesse algum tipo de envolvimento com o tráfico de droga.