Região do antigo Iguatemi apresenta mudanças no trânsito a partir desta segunda-feira (19)

Fonte: Da Redação

Começam a partir desta segunda-feira (19), uma série de mudanças que foram implantadas no trânsito da região do antigo Iguatemi, uma das mais movimentadas de Salvador. O superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, acredita que, nas primeiras semanas, os motoristas que trafegam pelo local poderão encontrar dificuldades naturais de adaptação, mas que, após esse período, o fluxo viário vai melhorar bastante numa das áreas mais movimentadas da capital baiana. “Todos os estudos que fizemos apontam para uma melhora significativa”, salientou.

A Av. ACM, em frente ao Shopping da Bahia, passa a ter sentido único em direção à Av. Tancredo Neves, o que possibilitará a quem vem do Itaigara novas alternativas de acesso ao shopping. Também há um novo acesso direto à Avenida ACM, através da interseção com a Avenida Paulo VI, que atenderá aos veículos que trafegam pelas avenidas Luiz Viana Filho (Paralela) e Juracy Magalhães (Lucaia). Quem vem da Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô) terá um novo acesso com semáforo em frente ao Shopping da Bahia para o próprio estabelecimento e prédios adjacentes. A rua atrás do Shopping da Bahia também sofrerá alteração no sentido do tráfego, que passará a ser em direção ao Caminho das Árvores.

No sentido Lucaia, o Viaduto Raul Seixas conta com um acesso direto à via marginal da Avenida ACM, próximo à Igreja Universal, que passa a ter sentido único em toda a extensão. Por fim, na Avenida Paulo VI, o motorista tem um novo acesso à Rua Wanderley Pinho, o que eliminará o retorno próximo ao Hiperposto.

O diretor de Trânsito da Transalvador, Marcelo Correa, também lembrou que, antes dos benefícios, existe o período de adaptação. “Esta mudança promoverá melhorias na qualidade de circulação de trânsito de toda a região. Porém, por conta da necessidade de um período de readaptação com as novas formas de sentido de tráfego das vias, será natural que a população de um modo geral leve de três a cinco semanas para se adaptar ao novo ordenamento implantado. As mudanças em curso também promoverão alterações nos modos para acessar e sair do Shopping da Bahia, o que também promoverá necessidade de adaptação da população”.

Assista ao vídeo com orientações da prefeitura sobre as mudanças: