REINCIDENTE: Suspeito de matar pintor é preso assaltando van em Águas Claras

Fonte: Pablo Santana

REINCIDENTE: Suspeito de matar pintor é preso assaltando van em Águas Claras

Crédito da Foto: Divulgação | Polícia Civil

Um dos três responsáveis no latrocínio do pintor Djalma Paixão Ferreira, Lucas Mateus dos Santos Costa, de 20 anos foi preso na última sexta-feira (14/7) por agentes a 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). Lucas tinha mandado de prisão preventiva em aberto pelo crime que ocorreu em maio deste ano, durante assalto a ônibus, na Avenida Paralela.

A prisão foi anunciada pelo delegado José Nélis Araújo, do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (GERRC), nesta segunda-feira (17/7). O criminoso foi flagrado por policiais assaltando uma Topic que fazia transporte alternativo entre os bairros de Itapuã e Águas Claras. Ele estava acompanhado do comparsa Alexandre Alves de Almeida, que também foi preso.

Durante o interrogatório, o suspeito confessou ter participado da morte do pintor, atingido com um tiro na cabeça, e confirmou a participação de dois outros suspeitos no crime, conhecidos pelos apelidos de Jacaré e Baco. Lucas, que também aparece nas imagens do circuito de segurança do ônibus da empresa Integra Plataforma, negou ter sido o autor do disparo que matou de forma cruel o pintor.

LEIA MAIS: VEJA VÍDEO: Homem é assassinado durante assalto a ônibus na Avenida Paralela

LEIA MAIS: TRAGÉDIA: Passageiro de ônibus é morto após ser baleado durante assalto na Avenida Paralela

REINCIDENTE: Suspeito de matar pintor é preso assaltando van em Águas Claras

Ônibus em que Djalma foi assassinado durante assalto. Foto: Reprodução/ Ag. A Tarde

De acordo com testemunhas, Djalma que era morador de Cajazeiras 2 e se encaminhava para o trabalho em uma obra na Estada do Coco, estava muito nervoso durante o assalto e chegou a clamar por Deus na hora do crime.

No dia da ação, os bandidos chegaram a ser agredidos pelos passageiros que reagiram ao assalto, segurando dois dos três assaltantes, apesar da tentativa os criminosos conseguiram fugir do local levando pertences e dinheiro roubados, inclusive o celular do pintor.

Com passagem pela polícia por assalto, Lucas também confessou ter cometido recentemente outros roubos a coletivos, um revólver calibre 38, apreendido com ele e o comparsa foi encaminhado para a perícia com o objetivo de saber se é a mesma arma que assassinou Djalma Paixão. A dupla foi autuada em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e tentativa de roubo.

DADOS MASCARADOS

Ação bastante praticada por criminosos na cidade, Salvador registrou, nos cinco primeiros meses de 2017, mais de 800 assaltos a ônibus, tendo uma média diária de sete assaltos a coletivos por dia. Em reportagem feita pelo Aratu Online foi constatado que práticas criminosas desse tipo deixaram de ser registradas a partir de abril no Boletim da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Na última semana, o deputado Federal José Carlos Aleluia (DEM), teve seu pedido acatado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública  para que seja investigada a acusação de uma possível subnotificação nos dados referentes à assaltos a ônibus na cidade de Salvador.

Quem tiver informações sobre os outros envolvidos no caso deve ligar para a polícia através do Disque-Denúncia da SSP (3235-0000).

LEIA MAIS: ‘TÁ BARRIL’: Três pessoas são baleadas durante assalto a ônibus na manhã desta quinta-feira

LEIA MAIS: MANDADO CUMPRIDO: Acusado de atirar em policial em assalto a ônibus é preso em Salvador

LEIA MAIS: Após denúncia de subnotificação, dados de roubos a coletivos divulgados pelo governo da Bahia serão apurados

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo, na página facebook.com/aratuonline