Reunião acaba sem acordo e rodoviários mantêm indicativo de greve em Salvador

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Jean Mendes/Aratu Online

Rodoviários e patrões não entraram em acordo e a greve da categoria está mantida para a próxima terça-feira (19). A informação foi confirmada pelo presidente do Sindicato, Hélio Ferreira. Ele contou que a proposta salarial feita durante uma reunião na manhã desta quarta-feira (13) por intermédio do Ministério Público não agradou.

Ainda segundo Hélio, os patrões apresentaram apenas a proposta salarial abaixo do esperado e não querem discutir as outras reivindicações, que são: fim da contrapartida no ticket e no plano de saúde, PLR, contratação de mais mulheres para o setor operacional pelas empresas, gratificação de Carnaval e fim da dupla função para motorista de micro.

A categoria está em estado de greve deste a última quinta-feira (07) desde que uma proposta do Ministério Público do Trabalho (MPT), que oferecia um reajuste salarial com base na inflação mais 2,5% de ganho real foi analisada e também rejeitada pelos trabalhadores.

Na manhã de hoje, alguns boatos por meio de redes sociais davam conta que os rodoviários reivindicavam alguns de seus direitos trabalhistas, já que as empresas de ônibus supostamente teriam trocado de administração. Segundo Hélio Ferreira “isso não procede porque os donos são os mesmos. Os trabalhadores não vão perder seus direitos e esse boato não ajuda nas negociações da categoria”, finalizou.