POSTOS SEM ATENDIMENTO: Por greve de servidores, pacientes ficam sem remédios e vacinas em centros de saúde de Salvador

Fonte: Da Redação

Crédito da Foto: César Irará

O atendimento em grande parte dos postos de saúde de Salvador está suspenso, por conta da greve dos servidores municipais e quem está buscando os serviços encontra algumas Unidades de pronto Atendimento (UPA), praticamente, vazias.

5 centro de saude vazio

Foto: César Irará

Na manhã desta quinta-feira (31/3), no Complexo Dr. Clementino Fraga (5º Centro) – no Vale dos Barris – havia muita gente reclamando. No local, somente os funcionários terceirizados estão trabalhando e apenas a Farmácia e o setor de marcação de consultas estão em funcionamento.

Além da situação gerada pelo movimento dos servidores que reclamam de um acordo, segundo eles, não cumprido pela Prefeitura, referente a reajuste de salários; os pacientes que buscaram hoje o 5º Centro se queixaram também da falta de medicamentos específicos e agentes de saúde para realizar aplicações de vacinas.

5 centro de saude consultas

Marcação de Consultas e Farmácia são os únicos setores em funcionamento no 5o Centro. Foto: César Irará

Em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Saúde, o Aratu Oline foi informado de que a as unidades estão providas de vacinas e medicamentos, porém a precariedade do atendimento se dá pela greve dos servidores. No entanto, o órgão não pode precisar se todos os postos estão com as atividades paralisadas.