SEREÍSMO EM ALTA: Febre das sereias estimula a produção de caudas e de ensaios fotográficos com o tema

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Aratu Online

Já faz algum tempo em que as sereias pararam de encantar apenas no fundo do mar. Atualmente na televisão, nas redes sociais e ensaios fotográficos, as sedutoras mulheres de cauda vêm ganhando cada vez mais popularidade.

Salvador, como em outras metrópoles, também já tem as suas próprias sereias. Apaixonada pelas criaturas mitológicas, a fotógrafa Maria Angélica Soares levou um mês inteiro para produzir sua primeira cauda e desde então não parou e atualmente confecciona dezenas de caudas encomendadas pelas sua conta no Instagram.

Em reportagem do Aratu Notícias, a repórter Karina Araújo conheceu o ateliê onde são produzidas as caudas de tecido (que, em outras lojas, podem chegar a R$ 430). O acessório é comumente usado para ensaios fotográficos, realizados, é claro, à beira do mar.

Confira:

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/portalaratuonline.