Servidor do TJ-BA desembarca na Bahia após testemunhar terremoto que matou quase 7 mil

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Reprodução/Facebook

O servidor do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Manuel Ursino Tenório de Azevedo Júnior, de 52 anos, desembarcou na tarde deste sábado (02) no Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, a 460 Km de Salvador. A informação foi confirmada pela esposa dele, Kelly Ferraz. Manuel estava de férias no Nepal, país devastado pelo pior terremoto dos últimos 80 anos, no último dia 25.

“Fora o susto [durante a viagem], ele desembarcou bem por volta das 16h. Ainda nem tive tempo de falar com ele”, disse Kelly ao Aratu Online ainda no saguão do Aeroporto. Ela deu à luz a um bebê, há três meses, e por isso não viajou com o marido. O analista é natural de Pernambuco e mora na Bahia há muito tempo.

Manuel conseguiu entrar em contato com a família dois dias após a tragédia. Ele viajou para a região na companhia de um amigo, que acabou retornando antes de acontecerem os abalos, porque foi acometido por uma infecção intestinal.

Autoridades Nepalesas disseram também neste sábado que está descartada a chance de encontrar pessoas vivas nos escombros pós destruição: “Já passou uma semana do desastre. Estamos fazendo o nosso melhor nas operações de resgate, mas agora penso que não há possibilidades de encontrar sobreviventes sob os escombros”, disse o porta-voz do Ministério do Interior, Laxmi Prasad Dhakal. O terremoto deixou pelo menos 6.621 mortos.