Servidores da Justiça Eleitoral paralisam atividades nesta quarta-feira

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Divulgação

Mobilizados pela derrubada do veto da Presidência da República ao Projeto de Lei nº 28/15, os servidores do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia paralisam as atividades em todas as unidades da Justiça Eleitoral do Estado nesta quarta-feira(2). A mobilização afeta a Secretaria, os Cartórios Eleitorais – da capital e do interior – e os postos de atendimento nos SACs.

O referido Projeto de Lei, que trata da recomposição salarial dos servidores do Judiciário Federal, tramita desde 2009 nas casas legislativas. Passando por todas as comissões no Congresso Nacional, recentemente foi aprovado, por unanimidade, no Senado Federal. Em 21 de julho, sofreu o veto da Presidente da República. A expectativa da categoria é de que o Congresso Nacional coloque em pauta e vote no sentido de derrubar o veto presidencial.

Com os cargos em carreira defasados desde 2006, se comparados aos postos de trabalho análogos dos poderes Legislativo e Executivo, os servidores do judiciário federal almejam, por meio do PLC nº 28/15, uma recomposição salarial em torno de 56%, referentes às perdas inflacionárias de quase uma década de estagnação salarial, com pagamento escalonado, em parcelas semestrais, durante os próximos três anos.