DIA DE PROTESTOS: Contra propostas do governo, trabalhadores realizam manifestações em Salvador

Fonte: Da Redação

Crédito da Foto: Reprodução

Trabalhadores das mais variadas categorias profissionais aderem nesta sexta-feira (30/6), em Salvador, à greve geral, movimento nacional contra as reformas trabalhista e da previdência propostas pelo governo federal e, também, a favor de novas eleições, imediatas no Brasil (“diretas já”).

Na capital baiana, o movimento organizado pela Frente Brasil Popular e pelas Centrais Sindicais tem duas manifestações – uma, já iniciada, às 6h, em frente ao Shopping da Bahia, e às 15h, na Praça Campo Grande.

Bancários, ferroviários e funcionários dos Correios e do Sindsaúde/BA já aderiram à greve. Portanto, seus serviços serão afetados no dia.  Os rodoviários estão circulando pela cidade, e travar vias importantes de Salvador.

CONFIRA ABAIXO:

Bancários: as agências estarão fechadas durante todo o dia 30/6 e só irão reabrir na próxima segunda-feira (3/7).

Sindsaúde/BA: mantidos os serviços de urgência e emergência. Também estarão assegurados os cuidados com pacientes que serão internados. Já os serviços ambulatoriais, exames eletivos, consultas e os demais serviços administrativos serão paralisados. O quadro de profissionais também será reduzido.

Ferroviários: os trens do subúrbio ferroviário de Salvador param por 24 horas.

Correios: também devem paralisar as atividades por 24 horas, segundo o sindicato.

LEIA MAIS: “CAMINHO SEM VOLTA”: Vias de Salvador perderam retorno e mudança impacta no motorista

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no facebook.com/aratuonline.