Suposto toque de recolher é ordenado por traficantes em seis bairros de Salvador

Fonte: Da Redação

Crédito da Foto: Reprodução

Uma troca de tiros entre bandidos e policias que resultou na morte de um traficante e lesionou outro no bairro de Santa Mônica, em Salvador, deixou  a população do bairro e adjacências em estado de alerta nesta quarta-feira (11).

Na manhã de hoje foi determinado pela facção local um suposto toque de recolher em represália a morte do integrante da quadrilha,  de prenome Augusto,  na noite de terça-feira (10), durante uma troca de tiros com a 37ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Liberdade). O outro suspeito identificado como Germínio Souza Barreto, de 21 anos, atingido no pé esquerdo foi socorrido e encaminhado para o Hospital Ernesto Simões Filho, onde foi medicado e liberado. Um terceiro elemento que não teve a identidade revelada foi preso.

Por conta do suposto toque de recolher imposto pelos traficantes, o comércio da região foi fechado, escolas liberaram os alunos cancelando as aulas e os rodoviários foram ameaçados para pararem de trafegar pelo bairro.

Outro toque de recolher

Além disso, segundo a Central de Polícias, na Pero Vaz (Rua Direta e no final de linha) e no Curuzu (bairro da Liberdade),  suspeitos armados a bordo de motocicletas estão circulando pela área ordenando o fechamento do comércio e de escolas. O colégio Duque de Caxias, por exemplo, não só já liberou os alunos, como já fechou as portas.

O toque de recolher também foi ordenado por traficantes dos bairros da Caixa d’Água, no IAPI e no Pau Miúdo. Por lá, escolas e comércio também foram fechados.

Viaturas da 37ª CIPM ,  da Rondesp BTS, Operação Gêmeos e Apolo/PM  realizam rondas pelas localidades para tentar localizar os suspeitos.

Material apreendido pela polícia na noite de terça-feira (10). Foto/ Reprodução: PM-BA.

Material apreendido pela polícia na noite de terça-feira (10). Foto/ Reprodução: PM-BA.

Em nota oficial, a Polícia Militar informou para a redação do Aratu Online que, por volta das 20h56 de ontem, na Rua Mário Kertész, em Santa Mônica, guarnições do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) da 37ª CIPM foram recebidas a tiros por cerca de quinze homens. Dois foram baleados, sendo  que um foi a óbito e outro preso.

Com os criminosos foram apreendidos um revólver calibre 38, uma pistola 380, trouxas de maconha, pedras crack e cocaína. Germínio Souza, e o outro homem envolvido, juntamente com o material apreendido foram apresentados ao Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Ainda conforme a PM,  o policiamento nas áreas com supostos toques de recolher foram reforçados para garantir  o funcionamento do comércio, o tráfego de ônibus e a segurança da comunidade local. Além disso, a polícia ainda afirma que as rondas  serão  mantidas até quando for preciso.