Suspeitos de atentado a ônibus são apreendidos; chefe da ação é irmão de morto em confronto com PM

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: reprodução/Tv Aratu

Três adolescentes com idades entre 15 e 17 anos acusados de incendiar dois ônibus no Engenho Velho da Federação foram apreendidos na tarde desta quinta-feira (11), por policiais militares da 41ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Federação). Segundo o comandante da CIPM, o menor de 15 anos, que teria chefiado o atentado contra o coletivo, é irmão do jovem Reilan Rosalino dos Santos Braga, 18 anos, morto durante confronto com policiais militares da Rondesp/Atlântico.

A operação que resultou na apreensão do trio envolveu policiais do Serviço de Missões Especiais (SME) e do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) da 41ª CIPM, após levantamento de informações e denúncias sobre os infratores. Segundo o comandante, os jovens foram presos em suas residências e encaminhados à Delegacia do Adolescente Infrator (DAI).

O caso
Por volta das 19h30 de quarta-feira (10), uma guarnição da Rondesp Atlântico foi recebida a tiros por cerca de oito homens armados durante uma operação no Engenho Velho da Federação. No revide, Reilan Rosalino dos Santos Braga, 18 anos, que fazia parte desse grupo, foi atingido e socorrido pela guarnição para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde chegou sem sinais vitais. Com ele foram encontradas uma pistola 9 milímetros e 37 pedras de crack. O material apreendido foi apresentado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Por volta das 21h30, o mesmo grupo de criminosos que atirou contra a polícia jogou lixo na Rua Apolinário Santana e ateou fogo. Uma guarnição do Peto da 41ª CIPM foi até o local onde conseguiu apagar o fogo e retirar o lixo da rua. Neste mesmo momento, o mesmo grupo tentou incendiar um ônibus no final de linha, onde moradores da região conseguiram conter as chamas a tempo.

A guarnição imediatamente verificou a ocorrência e constatou que o coletivo teve danos no banco do motorista e volante, mas ninguém ficou ferido. Durante a madrugada viaturas foram mantidas em ronda em toda a região do Engenho Velho da Federação, mas às 6h da manhã desta quinta-feira (11), os criminosos do mesmo grupo voltaram a atacar outro coletivo. Eles ordenaram que motorista, cobrador e passageiros se retirassem e incendiaram o veículo. O Corpo de Bombeiros foi acionado e as chamas debeladas. O ônibus ficou destruído, mas ninguém se feriu.