VALE DAS PEDRINHAS: Morte de traficante “Chouriço” faz medo voltar ao bairro

Fonte: Diorgenes Xavier

Crédito da Foto: Google Street View

A morte de Rafael Xavier de Jesus, conhecido como ‘Chouriço’, na noite de domingo (9/10), fez o medo voltar ao Vale das Pedrinhas. De acordo com a assessoria da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), ele entrou em confronto com equipes da 40ª CIPM/Nordeste que realizavam rondas na Travessa Kátia.

Rafael chegou a ser encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos. Ele já acumulava passagens por tráfico de drogas e também é apontado como braço direito de um traficante de apelido ‘Nikão’, que atua na área.

A polícia também investiga a participação de Chouriço em homicídios na região, um deles registrado em vídeo que chegou a circular nas redes sociais.

Uma mulher, que seria parceira dele, também foi atingida e conduzida à unidade médica, onde segue internada.

Com a dupla, a polícia afirma ter encontrado uma pistola .40, várias porções crack, cocaína e maconha. Os outros suspeitos fugiram do local. O fato foi registrado na Corregedoria da Polícia Militar, onde o material apreendido foi apresentado.

O policiamento segue reforçado na região do Vale das Pedrinhas, com guarnições do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto), da 40ª CIPM, e o apoio da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/ Rondesp.

Por conta dessa situação, os ônibus que circulam no bairro continuam fazendo final de linha na rua do Canal. A decisão foi tomada após nova deliberação do Comitê Integrado de Defesa do Transporte Rodoviário, anunciada nesta segunda.

A situação teve início na última quinta-feira (6/10), após dois homens e uma criança de 13 anos terem sido baleados no bairro. Os rodoviários reclamam da insegurança e se recusam a manter o trajeto normal dos veículos. A categoria vai voltar a se reunir nesta terça-feira (11/10).