Vídeo: mulher bate-boca com PM na UPA de São Marcos; “não sou vagabunda”

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: leitor/Aratu Online

Uma mulher que prefere não ter a identidade revelada protagonizou um bate-boca com um policial militar dentro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) localizada no bairro de São Marcos, em Salvador. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (12/9) e começou após o “descaso” no atendimento da unidade.

LEIA MAIS: Bairros vivem tranquilidade após morte de “Tampinha”, chefe do tráfico na Mata Escura

A mulher contou à reportagem da TV Aratu que foi ao local para socorrer seu pai, que apresentava sintomas de um segundo Acidente Vascular Cerebral (AVC). Chegando na UPA, revelou ainda, o paciente foi tratado com desdendo pelas atendentes locais, que chamaram a 50ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Sete de Abril).

A confusão foi gravada em vídeo. A gravação, disponibilizada pelos familiares do idoso que seria atendido, flagra a discussão. “Em que momento eu lhe desrespeitei? Não sou vagabunda, não sou ‘ladrona’. Estou aqui defendendo o meu pai, que tem direito. Pode me levar para a delegacia, chame a 10ª [delegacia], chame a viatura para me levar porque não sou vagabunda e não tenho medo de polícia”, diz a mulher durante o bate-boca com o policial militar.

ASSISTA:

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no www.aratuonline.com.br/lives. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.