Zelito Miranda levou público para o Pelourinho, na estreia do Forró no Parque

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: Vivando Júnior/Eduardo Freire

Em Salvador é costume dizer que acabando o carnaval, já começa o São João. Em 2015, o forró parece ter chegado ainda mais cedo. E é nesse clima que O Forró no Parque estreou em grande estilo, neste domingo (25). Com entrada franca, Zelito Miranda reuniu um público diversificado na Praça Pedro Arcanjo, no Pelourinho, levando para o palco um repertório vasto, que mesclou grandes sucessos do ritmo anfitrião, o forró. Canções autorais do forrozeiro também fizeram parte do set list, a exemplo de “Lugar de Baiano é na Rede”.

Surpreendendo o público, o também forrozeiro Carlos Pita, que assistia o evento da plateia, fez um dueto da música “Cometa Mambembê”, um grande clássico do forró que tem a sua autoria e levou a galera ao delírio.

Convidado de Zelito, a banda Cascadura incrementou a diversão trazendo o agito do seu rock alternativo e contagiante. “A proposta é mesclar os ritmos e promover, no Forró no Parque, esse clima de interação de estilos musicais. Isso faz parte do meu ‘forró temperado'”, acrescentou Zelito. No palco, Cascadura cantou as músicas “Mesmo eu Estando do Outro Lado” e “Queda Livre” e fez um dueto com Zelito da canção “Capim Guiné”, de autoria de Raul Seixas.

O Forró no Parque é um evento de tradição em Salvador e este ano concretiza sua sexta temporada. Tradicionalmente sediado no Parque da Cidade, o evento está sendo realizado no Pelourinho por conta da reforma do Parque. “Vai ficar uma obra lindíssima para o baiano e também para os turistas. Então optamos por fazer aqui no Pelô que é um lugar que tenho um carinho enorme e que tem toda uma representatividade cultural. Fomos muito bem acolhidos pela produção do pelourinho. Temos certeza que será uma temporada especial e inesquecível na história do projeto”, explicou Zelito.