Sentir pouco tesão é normal? Sexóloga responde em vídeo; assista

Sentir pouco tesão é normal? Sexóloga responde em vídeo; assista

 

“Não sou de sentir muito tesão. É sinal de algo errado comigo?”. Esta foi a pergunta de uma das leitoras do SexOn, respondida, em vídeo, pela sexóloga Cris Arcuri.

LEIA MAIS: “Não é só nas partes genitais”, diz especialista sobre orgasmo; veja vídeo

Segundo explica a especialista, a mulher ou o homem, nesses casos, podem estar passando por algum período de desequilíbrio hormonal, ou até algum problema psicológico. “O normal é, sim, sentir tesão, excitar-se, e ter uma vida sexual ativa”, afirma Cris. “Em casos de dificuldade, é importante dividir isso com seu médico”, orienta a sexóloga.

Se tiver alguma sugestão, história ou curiosidade, mande um e-mail para sexon@aratuonline.com.br.

Fique à vontade. O prazer é nosso!

Nova moda sexual, colocar ‘xuxa’ nos testículos pode ser perigoso, diz médico

Nas últimas semanas, um assunto deu o que falar em grupos nas redes sociais: o uso de uma ‘xuxa’ de cabelo nos testículos. A nova moda sexual tem o intuito de proporcionar mais prazer na hora da relação e foi “aprovada” pelas participantes desses grupos (e seus respectivos parceiros!).

“Trabalhoso, mas gostoso”, “mágica!”, e “meu boy está gozando até agora” foram alguns dos comentários. Contudo, a prática – que pode ser relacionada ao sadomasoquismo – pode ser perigosa, conforme alerta o médico urologista Dr. Rogério Araújo: “o retorno venoso é interrompido e pode causar uma congestão. A longo prazo, pode aparecer um dano maior, como uma espécie de gangrena, pois prende a circulação”.

Foto: reprodução/Facebook

Já a sexóloga Cris Arcuri lembra que existem acessórios específicos e mais adequados ao sexo, que podem ser facilmente encontrados em sex shops. “Os anéis penianos de silicone são justamente para prender um pouco o sangue e retardar a ejaculação, mas são feitos de material atóxico e não machucam”, disse. “Alguns até vibram e causam prazer na(o) parceira(o)”, completou.

Modelos de anéis penianos | Foto: reprodução/Blog Aquelas Coisas

Por fim, a especialista sugeriu que, muitas vezes, as pessoas buscam “tantas coisas diferentes para ter prazer” e se esquecem que “através de uma massagem, um bom beijo na boca, entrega, admiração e estar ‘lado a lado’ com a pessoa” podem fazer toda a diferença na hora do sexo.

Se tiver alguma sugestão, história ou curiosidade, mande um e-mail para sexon@aratuonline.com.br.

Fique à vontade. O prazer é nosso!

‘Prazer anal’: sexóloga fala sobre tema que ainda é tabu; assista

“‘Eita’, tabu, né?!”, questionou, bem humorada, a sexóloga Cris Arcuri, questionada sobre a possibilidade real de uma pessoa sentir prazer no sexo anal. “O ânus é uma zona erógena. Claro que pode não acontecer para todos, pois os corpos não são iguais”, explicou Cris.

LEIA MAIS: “Não é só nas partes genitais”, diz especialista sobre orgasmo; veja vídeo

A especialista ressaltou, ainda, que o importante é sempre usar camisinha e um lubrificante a base de água, pois tanto o pênis quanto o ânus não têm lubrificação excessiva.

Fique à vontade. O prazer é nosso!

Mr. Catra será homenageado na entrega do ‘Oscar’ do cinema pornô brasileiro

O funkeiro Mr. Catra, que morreu no último dia 9 de setembro, será homenageado no Prêmio Sexy Hot, considerado o ‘Oscar’ do cinema pornô brasileiro. A 5ª edição do evento acontece no dia 9 de outubro, justamente um mês após a morte do artista, e será transmitida pelo YouTube, às 21h30.

Mr. Catra tinha uma relação com a premiação, tanto que entregou uma das estatuetas no ano passado – a de melhor filme hétero, um dos mais importantes da noite.

LEIA MAIS: Rapidinhas | Já ouviu falar em sexonambulismo?

A homenagem ao funkeiro será com a exibição de frases e citações famosas do mesmo.

Catra morreu aos 49 anos, depois de uma luta contra um câncer de estômago. Ele deixou três mulheres e 32 filhos.

_

Fique à vontade. O prazer é nosso!

“Não é só nas partes genitais”, diz especialista sobre orgasmo; veja vídeo

“Não tenho certeza se já tive orgasmo vaginal. Como saber?” – Esta foi a pergunta de uma das leitoras do SexOn, respondida pela sexóloga Cris Arcuri. No vídeo, a especialista explica que “o orgasmo é a resposta do auge de excitação para o nosso cérebro” e que não precisa ser apenas nas partes genitais.

LEIA MAIS: Das preliminares ao clímax: 17 músicas para ouvir na hora do sexo

O questionamento da leitora não é tão incomum, por incrível que pareça. Inclusive, uma pesquisa intitulada “Mosaico 2.0”, realizada em 2016, pela USP, mapeou o comportamento sexual dos brasileiros e apontou que 55% das mulheres do país ainda enfrentam dificuldades de atingir o orgasmo. As causas são diversas, mas, das 1.470 entrevistadas, 67% responderam que têm dificuldade para se excitar e 59,7% sentem dor na relação.

A pesquisa foi coordenada ela psiquiatra Carmita Abdo, do Programa de Estudos em Sexualidade (ProSex) do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e ouviu 3 mil pessoas, ao todo.

_

Rapidinhas | Já ouviu falar em sexonambulismo?

Gostou do conteúdo? Deixe sua opinião nos comentários.

Fique à vontade. O prazer é nosso!

Rapidinhas | Já ouviu falar em sexonambulismo?

O nome já se explica, mas a situação não é tão conhecida assim. O sexonambulismo é uma desordem do sono que atinge 7% da população mundial e faz as pessoas transarem – literalmente – enquanto dormem. Qualquer comportamento sexual durante o sono se enquadra, segundo explicou o professor da Universidade de Minnesota (EUA), Carlos Schenk, especialista no assunto.

Ainda de acordo com ele, o distúrbio é mais comum entre os homens e não tem cura, mas pode ser controlado com medicamentos. O problema é quando o sexonâmbulo tenta fazer sexo com outras pessoas, pois, assim como o sonâmbulo comum, quem sofre com a desordem não se lembra do que aconteceu, o que pode gerar problemas mais sérios, como acusações de estupro.

LEIA MAIS: Das preliminares ao clímax: 17 músicas para ouvir na hora do sexo

Gostou do conteúdo? Que tema você quer ver na próxima sessão das “Rapidinhas” do SexOn? Deixe sua opinião nos comentários.

Fique à vontade. O prazer é nosso!

Das preliminares ao clímax: 17 músicas para ouvir na hora do sexo

Molha eu, seca eu, deixa que eu seja o céu e receba o que seja seu”

“E quando o Sol dorme, a gente faz amor. So special for me…”

Muitas músicas como as citadas acima – “Beija Eu”, de Marisa Monte, e “Madagascar”, de Emicida” – têm letras românticas/sensuais que ajudam a criar um clima e dão ritmo na hora do sexo. Pensando nisso, o SexOn preparou uma playlist no Spotify com 17 músicas para embalar esses momentos íntimos.

Ah! A playlist é colaborativa – portanto, fique à vontade para sugerir aquela música. A nossa sugestão é ouvir na seguinte ordem, com a ideia de que cada canção remeta à uma etapa da transa, desde as preliminares até o clímax, mas pode colocar no aleatório ou como preferir, afinal, a gente sabe que você não vai prestar tanta atenção nas músicas (risos).

Agora pode gozar da nossa lista 😏:

Energia Surreal (versão acústica) – Thiaguinho:

Malemolência – Céu:

Will I See You – Anitta:

A Whiter Shade Of Pale – Procol Harum:

Beija Eu – Marisa Monte:

Naked – James Arthur:

Mania de Você – Rita Lee:

Madagascar – Emicida:

So Sick – Ne-Yo:

Light – San Holo:

Sexual Healling – Marvin Gaye:

Pretin – Flora Matos:

Fazer Falta – MC Livinho

Downtown – Anitta e J. Balvin:

Love On The Brain – Rihanna:

Zero – Liniker:

Gravity – John Mayer:

Fique à vontade. O prazer é nosso.

Dia do Sexo: confira 10 posições com nomes curiosos para celebrar a data

Quer ideia melhor pra fazer no Dia do Sexo – comemorado nesta quinta-feira (6/9) – do que… sexo? Pensando nisso, o SexOn preparou uma lista de posições sexuais cujos nomes são, no mínimo, curiosos, mas nem tão difíceis assim de realizá-las, para inspirar os que querem passar a data em grande estilo.

Duvida? Confira nossa lista, abaixo:

1 – A sanduicheira

Sem usar eletrodomésticos, por favor!  Rs. Nesta posição, o homem se deita e a mulher fica sobre ele, com as pernas um pouco afastadas. O parceiro, então, movimenta-se suavemente, mas o controle é todo dela.

Crédito: Tão Feminino/montagem/Aratu Online

2 – A cruz de fogo

Apesar do nome, não tem efeitos de pirotecnia. Aqui, a mulher se deita de costas, com uma perna esticada e a outra dobrada. Já o parceiro está sentado, montado na coxa dela, estirada. É segurando na coxa que o homem se mantém equilibrado.

Crédito: Tão Feminino/montagem/Aratu Online

3 – Marte robô

Com uma inspiração tecnológica e, por quê não, futurística, para fazer tal posição é preciso de um objeto, contraditoriamente, comum. Em uma mesa (resistente), o homem se ajoelha e apoia a mulher enquanto ela se inclina para trás. Ela pode colocar as mãos no chão pra um apoio extra.

Crédito: BigBook app/montagem/Aratu Online

4 – Cão de natação

Nessa ‘releitura’ do doggystyle (estilo cachorrinho), a mulher precisa apoiar cotovelos e antebraços em algo para deixar as duas pernas cercando a cintura do homem. Este, por sua vez, está sentado em um cadeira. Os joelhos dela ficam dobrados, de forma que descanse os pés na parte de trás da cadeira.

Crédito: BigBook app/montagem/Aratu Online

5 – O arco do triunfo

Não precisa ir a Paris para conhecer este Arco do Triunfo. Na cama, o homem se senta com as pernas esticadas, enquanto a mulher senta em seu colo, de frente para ele. Após encontrar uma posição confortável, a parceira se inclina para trás entre as pernas dele. Aí, é só o homem se inclinar para frente e dar início à diversão.

Crédito: Tão Feminino/montagem/Aratu Online

6 – O pretzel apaixonado

Bem romântica! O casal se ajoelha, um de frente para o outro, e cada uma coloca uma perna do lado esquerdo do outro. Em seguida, ambos se deslocam suavemente de frente para trás.

Crédito: Tão Feminino/montagem/Aratu Online

7 – O sofá-cama

Também conhecida como ‘tesoura sexy’, nessa posição a mulher está deitada e o homem, em pé, segurando as pernas da parceira. A ‘brincadeira’ da vez é abrir e fechar as pernas ela, no ‘ritmo’ de uma tesoura.

Crédito: Tão Feminino/montagem/Aratu Online

8 – Bate-estaca

Aqui, a parceira fica deitada de costas sobre um balcão ou móvel alto com as perns erguidas, apoiando os calcanhares nos ombros do parceiro, que vai penetrá-la de frente para ela.

Crédito: OitoMeia/montagem/Aratu Online

9 – Borboleta paraguaia

O nome pode parecer estranho, mas não é uma posição complicada. O homem deve ficar deitado enquanto a mulher se senta sobre ele, de costas, e apoia as mãos nos tornozelos. Os movimentos podem ser de cima para baixo ou apenas com o quadril, para frente e para trás, ou rebolando. Uma adaptação mais fácil é sentar apoiando os joelhos e inclinar o corpo um pouco para frente.

Crédito: Tão Feminino/montagem/Aratu Online

10 – Canguru perneta

Crédito: divulgação/TV Globo

Essa posição tem uma história engraçada, pois surgiu durante um improviso no extinto programa humorístico “Sai de Baixo”, exibido na Rede Globo entre 1996 e 2002. Na ocasião, os personagens Magda e Caco – interpretados por Marisa Orth e Miguel Falabella – queriam “reacender a chama do casamento” e tentaram fazê-la. Porém, na verdade, a expressão que deveria ser utilizada era “o ganso de jaqueta”, mas o ator esqueceu o texto e lançou o “canguru perneta”, que caiu nas graças do povo.

Bom, vamos ao que interessa: o casal debe ficar de pé com os corpos colados, sendo que um está encostado na parede. A mulher ergue uma das pernas ao redor do parceiro, que a segura por uma das coxas, enquanto ela apoia apenas um pé no chão (por isso o ‘perneta’). A posição, que saiu da ficção para a realidade, é muito parecida com ‘a união apoiada’, do Kama Sutra.

Crédito: montagem/Aratu Online

E aí… Que tal experimentá-las?

Fique à vontade. O prazer é nosso!

No Dia do Sexo, Aratu Online lança blog dedicado ao tema. Vem curtir com a gente!

Não adianta! Mais cedo ou mais tarde, tudo acaba em sexo. 

Para uns, ainda é tabu, para outros, é o assunto favorito em uma roda de conversa, mas a verdade é que se tem uma coisa que a gente gosta de falar (e fazer!) é sobre este tema, no mínimo, prazeroso – com os devidos consentimentos, claro. Por isso, tinha que ser hoje o nascimento do SexOn: 6 de setembro, Dia do Sexo.

Você também vai gostar de: Dia do Sexo: confira 10 posições com nomes curiosos para celebrar a data

A data (6/9) é uma brincadeira numérica que faz alusão a uma das posições sexuais mais conhecidas, o “69” (lê-se meia nove), quando os dois parceiros praticam sexo oral um no outro, ao mesmo tempo. E é justamente essa ideia de troca, de dar e receber, que também pretendemos fazer aqui nesse espaço.

Se você tem uma história engraçada, curiosa, uma dica, sugestão… qualquer coisa relacionada a sexo que queira compartilhar, é só dizer! Da nossa parte, você encontrará textos, notícias, listas, vídeos e podcasts sobre o tema, toda semana. Ainda nesta quinta-feira (6/9), inclusive, tem conteúdo no blog, para te ajudar a celebrar este dia no melhor estilo. 😏

Fique à vontade. O prazer é nosso!

69 te lembra alguma coisa? É o dia da estreia do SexOn! Aguarde

© 2018 - TV Aratu - Todos Direitos Reservados
Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA